A magia das flores

A grande diversidade de espécies florais e a sua ainda maior incidência endêmica, tornam a Serra do Cipó em uma das áreas mais importantes de estudos botânicos do Brasil. A região entre os biótopos da antiga mata Atlântica e o do árido cerrado, possibilitou o aparecimento de inúmeras flores, muitas das quais se encontram na lista negra de espécies ameaçadas de extinção.
O leigo reconhece as bromélias e as orquídeas à primeira vista sem saber que mesmo essas famílias possuem uma quantidade extraordinária de formas diferentes. Assim como em Alice no país das maravilhas, tem-se a impressão de que à qualquer momento elas nos vão dizer : Olá, eu estou aqui, quem é você ?

Altamira nos encanta de uma maneira contagiante. Lá não é nenhuma exceção deparar-se, em meio à uma floresta muito densa, com uma bromélia repleta de pétalas cor de rosa recebendo, nesse exato momento, a visita de uma rara borboleta pousando suavemente na ponta de uma das pétalas. É como se a natureza combinasse de dar o melhor de si à cada momento, dia após dia, simplesmente pelo prazer de ver as pessoas felizes.